figado

Recomendações para tratar gordura do Fígado

Hoje está cada vez mais comum pessoas que apresentam exames mostrando gordura no fígado, uma das manifestações da denominada gordura visceral.
O fígado é o grande filtro do nosso organismo e por ele passam todos os elementos que circulam em nossa corrente sanguínea. Normalmente ele possui em média 10% do seu peso proveniente de gorduras, quando o percentual de gordura excede esse valor, estamos diante de um fígado gorduroso ou com a denominada esteatose hepática.
O aumento de gordura nas células hepáticas faz com que haja aumento do tamanho do fígado e ele adquire uma coloração amarelada. Frequentemente observa-se associação de aumento dos níveis de Ferritina no sangue. A esteatose pode ocasionar uma inflamação hepática que pode evoluir para quadros graves de hepatite gordurosa (esteato hepatite não alcoolica), cirrose hepática e até mesmo câncer. Por outro lado a boa notícia é que se trata de uma condição reversível!
Algumas medidas são importantes para prevenir ou reverter o quadro de acúmulo de gordura no fígado e da hiperferritinemia metabólica:
*dieta com no máximo 7% de valor calórico proveniente de gordura saturada;
*baixa quantidade de frutose – um tipo de açúcar que é um grande vilão do fígado;
*preferir carboidratos com baixo índice glicêmico;
*ingerir pelo menos 30 gramas de fibras ao dia;
*beber bastante água;
*dieta com níveis adequados de ácidos graxos poliinsaturados (PUFA), em especial ômega-3 e suplementação com cápsulas;
*controlar a quantidade de ferro ingerida, porque há a tendência de acúmulo de ferro mesmo sem os genes de hemocromatose – evitar também panela de ferro;
*evitar consumir alimentos ricos em vitamina C próximos aos ricos em ferro;
respeitar a indicação da quantidade mínima de proteínas em 1 grama por kg de peso ao dia;
*suplementação de vitaminas B6, E e D3;
*suplementação de antioxidantes e flavanóides (Silimarina por ex);
*uso de Metformina quando resistência insulínica, pré-diabetes ou diabetes;
*restrição ao consumo de bebidas alcóolicas;
*indicação de exercícios aeróbicos e resistidos regulares;
*buscar o emagrecimento de pelo menos 5 a 10% do peso corporal e redução da gordura corporal e visceral;

Compartilhe nas redes sociais
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someone